Institucional

Há 90 anos, 4 irmãos vieram de Portugal para colocar a pedra fundamental, no que seria uma das maiores e mais modernas fazendas do Rio Grande do Sul.

 1foto-838.jpg          2foto-892.jpg

 

O primogênito da família, Joaquim Oliveira nasceu na aldeia portuguesa de Almalaguês, em 10 de maio de 1896. De família humilde que vivia do cultivo da terra, tinha um pequeno armazém e uma padaria. Joaquim era encarregado das entregas dos pães que a família produzia naquele início de século XX. Aos 15 anos, em busca de uma vida melhor, tomou o mesmo rumo que muitos aldeões portugueses: o Brasil.

Em Pelotas, começou a trabalhar em um armazém de atacado e varejo de um patrício, morando no sótão com seus poucos pertences. Aprendeu ali algo que serviria para toda a sua vida: comprar e vender. Percorria as colônias do interior gaúcho comprando os produtos que abasteciam o armazém, chamado "O Botafogo".

Joaquim via passar a jovem Arlinda Moraes, filha de um importante homem de negócios, Abílio Moraes, na frente do armazém. José, irmão de Arlinda, queria montar um negócio para comercializar alimentos, mas não tinha experiência, tinha juntado uma boa soma em dinheiro e viu em Joaquim a experiência que lhe faltava. Assim, Joaquim e José tornaram-se, por um ano e meio, sócios do armazém "O Botafogo". Joaquim com 24 anos estava noivo de Arlinda e com o apoio do sogro, montou seu próprio armazém atacadista, continuando a percorrer o interior para adquirir os produtos dos colonos, e com o passar do tempo foi se tornando um comerciante muito conhecido.

Como o negócio prosperava, Joaquim pediu ao pai que mandasse para o Brasil seus irmãos mais jovens: Manuel, Urbano, João e Lauro, no início da década de 1920. Porém, Manuel Oliveira veio a falecer precocemente aos 23 anos de idade. De suas três irmãs, somente a mais nova, Albertina, veio para o Brasil. Em 1933, Joaquim dividiu a empresa com os irmãos, em partes iguais. Já era um homem importante para a economia local, admirado por seu sucesso. Recebeu o título de "Cidadão Brasileiro" em 1940.

Urbano, Lauro, João e Joaquim Oliveira, em 1944 adquiriram mais uma empresa para o grupo Joaquim Oliveira S.A., a Fábrica Rio-grandense de Adubos e Produtos Químicos. Também começaram a investir na pecuária, iniciativa de João, que tomou gosto pela vida no campo. Em 1950 fundaram a Granjas 4 Irmãos S/A, com a finalidade de estender a união da família neste setor, que também comprou um engenho quase falido e o recuperou, começando a trabalhar com o arroz. Tal plantio e criação de gado feitos no Taim, posteriormente e aos poucos, estenderam-se a Santa Vitória e outras regiões, graças à capacidade de persuasão de Joaquim Oliveira usada em outros tempos, junto aos colonos e demais fregueses do Armazém. Muito antes de a ecologia virar moda, a família Oliveira já cuidava dela: plantavam árvores para produzir lenha, poupando as matas nativas.

A Granjas 4 Irmãos localizada no município de Rio Grande, em seu 4º Distrito, a leste da Lagoa Mirim e possui:

4 vilas (com mais de 180 casas para seus colaboradores)

  • Vila do 55

vila55-828.png

  • Vila do 63

vilado63-399.jpg          vila63adm-684.jpg

  • Vila do 68

 vila68-546.jpg

  • Vila da Pecuária

 vilapecuaria-656.jpg

  • Uma escola

 escola-273.jpg

  • Dois postos de gasolina/Diesel internos

 postocomb1-60.jpg          postocomb2-774.jpg

 

  • Uma unidade de secagem e armazenagem com capacidade estática de 1.420.000 Scs de grãos (50kg) 71.000 TON

 

Com aeração dos silos controlada por um sistema de computação que envia dados meteorológicos a cada 5 seg.

Além disso, o arroz é totalmente separado por variedades, obtendo uma segregação completa.

 separacaograo-464.jpg          balaca-295.jpg 

  • Uma grande oficina. Considerada uma das maiores e mais modernas do Rio Grande do Sul.

 oficina-350.jpg          lojaoficina-391.jpg

  

  • E ainda mantêm em sua sede (antiga Fazenda Brasília, hoje denominada Fazenda Joaquim Oliveira), intacta as suas belezas e as marcas enraizadas de trabalho, tradição e desenvolvimento.

 fazendajoaquinoliveira-39.jpg

Depois de quase 60 anos de atividades dedicadas à orizicultura e à pecuária de corte, a Granja Quatro Irmãos diversifica com a pecuária leiteira e ao plantio de Soja e milho para silagem.

 pecuaria-869.jpg

“A estrutura de ordenha possui um sistema de última geração, totalmente computadorizado, com o objetivo de oferecer um produto de qualidade, em volume e com regularidade”.

 soja-216.jpg

“A soja é o mais novo grão cultivado pela Granjas 4 Irmãos, e funciona através de um processo de rodízio com o arroz, buscando introduzir um novo método de reciclagem de nutrientes e minerais, tornando que toda produção seja sustentável.”

 

Contamos com uma equipe composta por:

 

2 Diretores (1 administrador, 1 Engenheiro Agrônomo)

1 Contador

2 Engenheiros Agrônomos

1 Veterinário

1 Tecnólogo em Irrigação

4 Técnicos Agrícolas

2 Técnicos  Agropecuários

1 Técnico em Segurança do Trabalho

E cerca de 250 colaboradores em geral

 

Nosso quadro técnico esta sempre buscando atualizações, com cursos de aperfeiçoamento e viagens técnicas as Universidades e congressos. 


Investimento em Maquinários e Equipamentos :

  • 13 Super Tratores
  • 44 Tratores
  • 11 Colheitadeiras
  • 10 Semeadeiras de arroz e forragens
  • 3 Semeadeiras de Soja e Milho
  • 8 Escavadeiras
  • 5 Caminhões
  • 9 Camionetas
  • 1 Automóvel
  • 13 Motocicletas
  • 19 Plainas
  • 3 Scapeer
  • 21 Grades
  • 6 Maracheiras
  • 10 Arados
  • 26 Graneleiros
  • 21 Valetadeiras
  • 10 Comboios de abastecimento
  • 39 Bolantas
  • 3 Adubadeiras
  • 3 Sistemas de nivelamento
  • 6 Roçadeiras
  • 21 Reboques e carretas
  • 1 Balança rodoviária 100 TN
  • 1 Balança de cereais 2 TN
  • 5 Sistemas GPS
  • 7 Guinchos
  • 4 Geradores de energia
  • 32 Bombas de irrigação
  • 33 Motores
  • 30 Compensadoras
  • 36 Transformadores
  • 1 Embutidora de forragens
  • 1 Enfardadeira
  • 2 Cortadoras de forragens
  • 3 Segadeiras
  • 1 Empacotadora de fenos
  • 36 Rádios PX de comunicação interna

Secagem e Armazenagem

  • 4 Secadores 2.300 sc
  • 1 Secador 750 sc
  • 9 Peneiras pré-limpeza 160 TN/H
  • 2 Ensacadeiras 300 SC/H
  • 1 Trier Duplo
  • 1 Padronizador de grãos 120 SC/H
  • 32 Silos de armazenagem com capacidade de 1.424.000 SC (4mil Ração)
  • 4 Moegas de descarga
  • 2 Esteiras verticais
  • 3 Esteiras Horizontais
  • 1 Sistema de termometria automatizado para 1.000.000 SC
  • Capacidade de recebimento diário: 45.000 SCS
  • Capacidade de expedição diária: 40.000 SCS / 12H